Apesar da lei prever o período de descanso das 23:00 às 07:00, não significa que seja permitido todo o tipo de ruído fora deste período.
O período de descanso requer um maior cuidado na produção do ruído porque no silêncio da noite este propaga-se mais facilmente, além de ser o período em que a grande maioria das pessoas está a descansar.
Contudo, há pessoas que trabalham por turnos e descansam durante o dia; pode também haver utentes do condomínio que estejam doentes e necessitem de maior tranquilidade; bebés que descansam durante uma parte do dia... tudo razões para que, mesmo durante o dia, se evite a produção de ruído excessivo. Não arrastar móveis, reduzir o nível de som dos aparelhos (TV e outros), evitar gritar, não bater portas e gavetas com força, não caminhar dentro dos apartamentos com calçado de tacão, ouvir música com headfones, evitar festas com muita gente a falar alto, são alguns dos muitos cuidados a ter. Viver em condomínio não é o mesmo que viver numa moradia isolada.
O ruído de vizinhança é um dos problemas da vida em condomínio, que se agravou neste período de pandemia, que retém mais as pessoas em casa. Por isso, apelamos para que redobrem os cuidados e respeitem os vizinhos, bastando usar um princípio básico da vida em sociedade: "não fazer ao outro, o que não queremos que o outro nos faça!"